Localizar e intervir: Para uma etnografia das capacidades críticas no processo de implementação do modelo de cuidados de saúde baseados em valor

José Carlos Pinto da Costa

Resumo


O modelo dos cuidados de saúde baseados em valor (CSBV) é um instrumento que promete trazer eficiência ao sistema de saúde público nacional e a sua tão esperada sustentabilidade. O modelo redesenha toda a lógica de funcionamento do sistema, e propõe, como aspeto central, que os orçamentos sejam canalizados para as instituições que mais valor produzirem para o paciente. Para o efeito, o valor é entendido como a relação entre a qualidade dos cuidados recebidos pelo paciente e o dinheiro gasto para deles beneficiar.

No presente artigo aborda-se o assunto da implementação do modelo CSBV partindo do argumento segundo o qual os desenhadores do modelo construíram este tendo em mente a conceptualização de “valor” com um significado que é mais fácil de compreender pela ótica do economista e dos stakeholders formais do que pela do paciente, tendo operado uma separação de sentido característica do processo de purificação discursiva da ciência moderna.

O artigo acaba com a proposta de realização de uma etnografia das capacidades críticas durante o processo de implementação do modelo de cuidados de saúde baseados em valor em Portugal que poderá ajudar a fazer convergir os sentidos do valor que os stakeholders atribuem aos cuidados de saúde.

 


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN impresso: 2183-9220   |   ISSN eletrónico: 2184-2647

Revista Indexada no Diretório e Catálogo  do Latindex com o Folio n.º  26777

 Apoios:
CICS.NOVA

Com a colaboração técnica dos Serviços de Informática da Universidade de Évora