A religião à luz da diversidade cultural

Jorge Botelho Moniz

Resumo


As formas de estudar o lugar da religião nas sociedades têm mudado muito ao longo tempo. Estas mudanças estão normalmente associadas a algum fenômeno social, económico ou político que convoca os cientistas sociais para alterar o rumo das suas investigações: do fim da religião ao seu regresso ou à sua compreensão nas diferentes modernidades, até ao nosso momento atual. Na primeira década e meia do século XXI começam a surgir indícios de que estamos a viver uma nova fase. As migrações internacionais e, por consequência, o transnacionalismo cultural sugerem a construção de um quadro social gradualmente mais diverso e com impactos em muitos aspectos da vida cultural das sociedades modernas. Neste artigo, sugerimos o reconhecimento de novas grades analíticas – como a diversidade cultural – no estudo do religioso, mas também a construção de um índice de diversidade capaz de ser correlacionável com outras dimensões de religiosidade. Consideramos que este é um dos poucos métodos disponíveis para compreender as atuais mutações ou deslocações do religioso nas sociedades contemporâneas.

Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN impresso: 2183-9220   |   ISSN eletrónico: 2184-2647

Revista Indexada no Diretório e Catálogo  do Latindex com o Folio n.º  26777

 Apoios:
CICS.NOVA

Com a colaboração técnica dos Serviços de Informática da Universidade de Évora